Cambada Mineira

Lavagem de Carros – conheça as maneiras de fazer

Nenhum condutor ama rodar com o carro sujo. Além de passar a impressão de automóvel descuidado, a poeira e outras sujeiras podem manchar as vestimentas e até acarretar um estresse no momento do passeio do fim de semana. Devido a isso, nunca foi tão primordial ficar bem ciente sobre as táticas e produtos referentes à lavagem de carro.
Diversas pessoas possuem o costume de dar uma passadinha no lava-jato a fim de esterelizar o veículo, outras costumam pegar a mangueira e efetuarem elas mesmas o serviço. No entanto saiba que muitos equivocam-se na lavagem do carro e fazem a higiene de maneira equivocada, o que acaba riscando a pintura e estragando a cera que cobre a tinta. Outros despendem litros d’água ao longo da lavagem do carro desprezando novos métodos, como a lavagem a seco, também conhecida como lavagem ecológica.
A fim de que você não erre novamente, enumeramos abaixo algumas informações fundamentais a respeito da lavagem de carro que vão fazer com que você modifique sua maneira de lidar com o trabalho de limpeza do seu automóvel.

Produtos que nunca devem ser utilizados ao longo da lavagem de carros

Jamais utilize detergente para lavar seu carro

O detergente de cozinha é ótimo para lavar garfos e vasilhas e eliminar a gordura das panelas, no entanto muito agressivos às pinturas dos veículos. Eles aos poucos deterioram a cera protetora do veículo, o que aumenta o risco de arranhados e prejuízos insanáveis às pinturas. É mais adequado decidir por um xampú específico para carro, principalmente formulado para a lavagem de carro.

Lavagem automática

A rotina do dia a dia deixa a limpeza em posto de combustível e empresas do ramo a escolha preferida. Porém, boa parte utiliza escova de lavagem de carro automática, o que vai arranhar a pintura. Preferir por um lava-jato com máquina “sem toque” (que joga o xampú e a água em alta compressão) é melhor caso tenha vontade de manter o acabamento do automóvel, ou então você pode comprar os produtos apropriados e fazer o trabalho sozinho em sua moradia.

Secagem

Após a lavagem do carro, é crucial secar o veículo o mais rápido possível. Se deixar para enxugar no tempo, os pingos d’água conseguem marcar na carroceria, o que, diversas vezes, são difíceis de retirar.
Existem no mercado tecidos de microfibra principalmente desenvolvidos para a secagem de veículos. E o mais essencial: não utilize uma camisa ou meias velhas, que são capazes de ocasionar agravos irreversíveis à pintura. Uma secagem descuidada é capaz de perder uma boa lavagem do carro.

Bucha não serve para lavar veículos

Usar uma esponja comum oferece o risco de arranhar não somente a carroceria, mas também o para-brisa e outros vidros. Opte por uma luva de lavagem de carro projetada para veículos, produzidas com lã natural ou microfibra, que puxa melhor as partículas. Buchas feitas de espuma mantêm a sujeira na superfície e deterioram o verniz da pintura.

Higienização de vidros

A grande parte dos produtos para higiene de janela doméstica possui amônia, uma substância que irá avariar o para-brisas e demais vidros do carro. Tal produto ainda não é aconselhável para superfícies como couro, plástico ou vinil. Por isso, use produtos específicos para automóveis durante a lavagem do carro.

Balde

Utilize sempre 2 baldes d’água ao longo da lavagem do carro: um para enxaguar e outro para água com sabonete. Caso contrário, após alguns minutos você irá estar efetuando a lavagem do carro com água barrenta.

Não lave seu carro debaixo de sol ardente

Não se deve fazer a lavagem do carro debaixo do sol ardente, uma vez que os raios somente vão acelerar o processo de marcas de água na carroceria. Prefira o início da manhã ou o final da tarde ou então lave-o longe do sol.
Antes de começar a lavagem do carro, aguarde a carroceria arrefecer – isto evita que a água e o sabão enxuguem e deixem manchas. O cuidado vale para todo o trabalho: ao longo da lavagem do carro, conserve o automóvel sempre umedecido.

Evite toalha

Você, eventualmente, observa pessoas secando o veículo com uma toalha de banho feita com tecido sintético. Talvez esta seja uma das maneiras mais seguras de arranhar a pintura! Um pano de microfibra, algodão ou silicone é a mais adequada coisa para a secagem.

Como lavar as rodas

As rodas estão cobertas de graxa e com vestígios metálicos dos freios. Não cometa o erro de lavar as peças com a mesma luva que você utiliza para a carroceria. Com o intuito de fazer a mais apropriada lavagem de carro, use a todo momento duas luvas: uma para as rodas e outra para a carroceria.

Principie pelas rodas

Dê preferência às rodas ao começar a lavagem do carro, caso contrário, a graxa e a sujeira das rodas conseguem salpicar o restante da carroceria. Aguarde que elas esfriem antes da lavagem, a fim de que não exista empenamentos no contato com a água gelada.

De que maneira lavar o carro a seco?

A Lavagem a seco inclusive é conhecida como Lavagem Ecológica, ainda que seja um dos assuntos mais discutidos, há diversas dúvidas a respeito deste procedimento. Vale a pena fazer a lavagem a seco? Qual seria meu custo benefício? Como lavar carro a seco? Posso riscar o automóvel com o processo de lavagem a seco? A lavagem a seco ajuda com o meio ambiente?
Há pessoas afirmando que realizam a lavagem do carro por completo com apenas um copo de 200 ml d’água. E isto é capaz de ser muito arriscado, pois com pouca solução de produto de lavagem a seco, a chance de acarretar riscos na pintura do veículo é bastante alta. O ideal a ser usado numa lavagem a seco é pelo menos quinhentos mililitros ou até 2 litros do produto.
O indicado é uma solução de um litro para uma esplêndida lavagem a seco. Mas isso inclusive necessita de ser avaliado conforme as situações da imundície. De qualquer forma, o método de lavagem a seco é uma excelente ideia e não uma ação milagrosa. Utiliza-se pouca água, apesar disso também não é uma lavagem 100% a seco.

Qual a diferença entre a lavagem de carro a seco e tradicional?

Lavar o carro da forma tradicional, usando água, é capaz de gastar, praticamente trezentos litros de água para carros pequenos e 600L para carros grandes. No entanto, haveria verdadeiramente uma fórmula para uma lavagem de carro melhor e mais eficaz do que aquelas tradicionais sem utilizar um pingo d’água?
Para fazer uma higiene a seco satisfatoriamente, é utilizado, no máximo, 1,2 litro d’água. Esta quantidade é bastante expressiva para a limpeza de um veículo que gastava litros e litros d’água por minuto durante o processo convencional de lavagem. Com esta quantidade d’água, é possível deixar o automóvel convenientemente limpo, brilhando e protegido.

Confira os elementos precisos para lavar o carro a seco:

– Produto lubrificante destinado à lavagem a seco (selecione o mais acessível);
– Panos de microfibra higienizados e secos (3 unidades para a higiene de um veículo de porte médio), somente para limpeza da pintura;
– Pincel para detalhamento (para rodas e frisos);
– Outros produtos de higienização próprios para demais áreas (rodas, vidros, etc).

Como escolher o produto correto para lavar seu carro à seco?

Você pode preferir por produtos com formulação simples ou que contenham cera ou selante sintético na fórmula. Comumente os produtos para lavagem a seco já apresentam o efeito 2 em 1, fazendo com que a aplicação higienize e encere o automóvel concomitantemente. Com isso, a pintura do automóvel fica protegida, além da solução dar preservação de brilho e proteção para a cera aplicada previamente no veículo.

Veja a maneira certa de lavar a seco em 8 estágios

1. Conserve o veículo na sombra e com as peças frias;
2. Realize a diluição, se o produto estiver espesso.
3. Borrife o produto de lavagem a seco diretamente na região cobiçada, ideal em áreas de 50x50cm. Utilize produto suficiente com o intuito de deixar a pintura bem umedecida. O melhor é pulverizar o produto até que ele escorra na pintura;
4. Retire a imundície com um pano de microfibra sem fazer força, num mesmo sentido. Dê simplesmente uma passada por região e nunca fique esfregando o pano na superfície no sentido de vai-e-vem;
5. Use um segundo pano microfibra limpo e seco para dar o toque final;
6. Na hora de continuar a lavagem a seco, utilize outra parte do tecido que ainda encontre-se limpa;
7. Se necessário, repita o processo no mesmo local.
8. Caso o pano fique sujo, lave esfregando bem e, assim, continue o procedimento.
Se o seu carro estiver bastante imundo, utilize um jato de água para eliminar o excesso de sujeira antes de iniciar a lavagem a seco.

Produtos que jamais podem faltar no momento de lavar o carro da maneira convencional

Nem sempre é possível mandar lavar o carro em um ambiente especializado e, inclusive, há quem goste de fazer sozinho esse trabalho, devido a isso, é imprescindível ter certos produtos no lar. Quem é apaixonado por seu veículo, sabe a importância de um mimo às vezes, e até os menos emotivos valorizam a lavagem do carro.

Ao lavar o carro jamais deixe de utilizar cera

A cera dá brilho e protege a pintura do carro, gera uma camada defensora que impossibilita que a água fique na superfície, além de evitar arranhados e a oxidação da pintura. Inúmeras são de fácil aplicação e para saber o período de passar novamente, basta observar o brilho do veículo ou a água da chuva, por exemplo. Caso escorra pela carroceria, ainda há uma película de cera. Preste atenção aos inúmeros tipos de ceras disponíveis no mercado, possivelmente haja em componentes diferentes, em consonância com as necessidades de cada veículo.

Limpa vidros de carros

A transparência dos vidros é primordial até para a segurança ao dirigir. Muitos produtos prometem limpar o vidro do carro de maneira ágil e eficaz e é essencial notar se eles correspondem a algumas funções básicas. Ao lavar o carro, esse tipo de produto, além de limpar a sujeira mais superficial, deve desengordurar os vidros (em especial na parte interna). Assim como as ceras, o melhor é que eles gerem uma camada protetora que garanta a durabilidade da limpeza. E, claro, não deve deixar marcas depois da aplicação.

Vai lavar o carro e esquecer de hidratar o banco de couro?

Quem tem carro com bancos de couro se atenta em manter os assentos com a aparência original e, devido a isso, deve usar hidratante de couro. Alguns produtos prometem hidratar, preservar e inclusive agem como detergente. As 3 atribuições são imprescindíveis para cuidar do material e, ao comprar, verifique no rótulo se ele atende a essas necessidades.

Espuma multiuso

Esse tipo de produto serve para higienizar muitas superfícies, mas uma das principais atribuições é “lavar” o tecido dos assentos e das paredes internas do carro. Nos rótulos, há instruções dos fabricantes como: deixar o produto operar por muitos segundos, esfregar suavemente com bucha ou pano macio e úmido e, por último, retirar com outro pano antes que seque. Assegure uma lavagem de carro completa, porém, cuidado para não rasgar o estofamento ao retirar as marcas mais complicadas.